Como funciona o Seguro Auto Popular

O seguro auto popular pode parecer algo complicado, mas sua definição é muito simples. Ele é um tipo de seguro que permite a comercialização de pacotes com menos itens.


Assim, no lugar de optar por um pacote completo de seguro de seu carro, você pode escolher retirar alguma cobertura adicional. Isso está definido na lei do seguro popular para a garantia da diminuição de preços.

Características do seguro auto popular

Você deve procurar pelos produtos que se encaixam na definição do seguro popular. Temos, por exemplo, o Seguro Auto Popular Azul, da Porto Seguro. Ele garante que você consiga retirar ou incluir diferentes tópicos de cobertura.

O foco do funcionamento são as pessoas que não têm condições de pagar por um seguro mais completo. Nesse sentido, há uma vantagem. A cobertura é feita para as ocorrências básicas, como o furto ou a colisão.

O preço menor é uma realidade, pois as peças usadas nas seguradoras são chamadas de peças de desmanche. É dessa maneira que funciona o seguro auto popular: com componentes que estão dentro das especificações das originais, mas são mais baratos.

Quais são os carros que têm direito ao seguro auto popular

Foi preciso que as seguradoras aplicassem algumas restrições em relação aos carros que podem usar o seguro popular. Foi decidido que apenas os veículos com 5 anos ou mais de uso poderão solicitar esse tipo de serviço.

Como não é permitido que a venda de peças mais genéricas com menos de 3 anos ocorra, é inviável aplicar o seguro em carros muito novos. Algumas seguradoras ainda colocam um limite de valor ao automóvel. No caso da Azul, por exemplo, o carro deve valer no máximo 60 mil reais.

O modelo ainda deve estar enquadrado em uma lista que define os carros mais populares do país, que podem ser consultados pela Tabela FIPE. Ela é usada para restringir o alcance do seguro a quem realmente precisa.

Como funciona o sistema de franquia

Como funciona o Seguro Auto Popular

A franquia de um seguro é o valor que o cliente terá que pagar caso algo ocorra com o carro. Esse é o sistema que define toda a ação das seguradoras, sejam elas convencionais ou populares.

Na hora da contratação, a empresa define um valor de franquia, geralmente colocado em forma de porcentagem nos seguros. O valor varia com o modelo de seguro contratado e com o carro.

No caso do seguro popular, o valor pode ser de até 30% mais caro em relação ao seguro convencional. Isso significa, antes de mais nada, que é importante evitar se envolver em acidentes quando há a contratação do plano popular.

É claro que você faz uma economia com esse tipo de seguro, mas o valor da franquia pode colocar tudo a perder. Por isso, examine bem as situações.

Principais diferenças entre o seguro popular e o convencional

A principal das diferenças entre o seguro popular e o tradicional está nos preços. Quando há o uso do seguro popular, os preços são realmente mais baixos. É estimado que o cliente pague até 26% menos em relação à contratação dos seguros tradicionais.

A indenização em caso de acidentes ou roubos acaba sendo menor nos seguros populares. A diferença é de uma indenização de 80% nos populares, contra 110% nos tradicionais.

Por fim, há a questão da franquia. O seguro popular cobra 30% a mais de franquia do que o seguro popular.

Seguradoras que oferecem o seguro popular

As empresas mais populares e conhecidas do mercado oferecem esses serviços, como a Porto Seguro, a Azul Seguros e a Tokio Marine, todos com os seus produtos considerados condizentes com a definição de seguro popular.

Você acabou de conferir informações sobre como funciona o seguro popular. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos. E se você ficou com alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.